Fonte

Contraste

CÓDIGO DE CONDUTA

A Semana de Computação da UFBA, em sua sétima edição, tem como foco de atuação o incentivo público à inclusão na tecnologia de todos os tipos de diversidade que existem, incluindo diversidade religiosa, de gênero, de classe social, de cor, biotipo, e afins. Estabelecemos o nosso Código de Conduta e exigimos que todas as pessoas que nos ajudarem a construir o evento colaborem com a construção de um espaço mais inclusivo e que permita e incentive a participação de todo mundo!


A QUEM SE DESTINA:

Todas as pessoas que constroem a Semana de Computação da UFBA, seja por meio de palestras, patrocínio, voluntariado ou como congressista, precisam concordar com este código de conduta. A comissão organizadora e de staffs reforçará a necessidade de que este código seja seguido durante todo o evento. Esperamos que todos e todas cooperem para ajudar a construir um ambiente seguro para todas e quaisquer pessoas.


SOBRE A DIREÇÃO DO EVENTO:

A Semana de Computação da UFBA procura fornecer um ambiente de crescimento mútuo técnica e pessoalmente e, para isso, lancará mão de atitudes para que este ambiente seja livre de assédio, de qualquer tipo (linguagem e imagens sexuais não são apropriadas em nenhum local da conferência, incluindo palestras, workshops, festas, redes sociais e outras mídias on-line). Não toleraremos forma alguma de violência praticada por qualquer participante, seja da comissão de organização e de staffs ou de congressistas, palestrantes e apoio. A forma de punição ficará a cargo da comissão de organização e pode incluir expulsão, banimento e/ou uso de mecanismos judiciais.
Lembramos que qualquer dúvida ou sugestão pode ser enviada para os e-mails da organização ou para [email protected].


COMO AGIR:

Definição: Assédio inclui comentários verbais ofensivos relacionados ao gênero, identidade de gênero e expressão, idade, orientação sexual, deficiência, aparência física, tamanho corporal, cor de pele, etnia, religião (ou falta dela), escolhas de tecnologias, imagens sexuais em espaços públicos, intimidação deliberada, perseguição, stalking, fotografias ou filmagens constrangedoras, interrupção contínua das apresentações ou outros eventos, contato físico inadequado e atenção sexual indesejada.


As pessoas que receberem uma solicitação para interromper qualquer comportamento de assédio devem fazê-lo imediatamente.

Se uma pessoa se envolve em comportamento de assédio, a organização da conferência pode tomar todas as medidas consideradas adequadas, incluindo notificar ou expulsar o agressor ou agressora da conferência sem nenhum reembolso.

Caso sofra ou presencie assédio ou tenha alguma dúvida, entre em contato com alguém da equipe da conferência imediatamente. Membros da equipe da conferência podem ser identificados pois estarão vestindo camisetas marcadas, ou com os devidos crachás de staff. Não tome atitudes por conta própria e denuncie a situação de forma discreta, a fim de mantermos a segurança, a ordem, e o sigilo.

A equipe da conferência estará disposta a auxiliar no contato com a segurança dos espaços que comportarão oficialmente o evento, assim como as devidas aplicações da lei local, fornecer escoltas ou ajudar quem sofrer assédio para que se sintam em segurança pelo decorrer do evento. Nós valorizamos a sua participação e queremos que aproveite o máximo possível, sinta-se à vontade e em segurança, e acima de tudo, em condição de respeito.

Esperamos que todos e todas sigam estas regras em todos os ambientes onde o evento ocorrerá, sejam auditórios, salas de workshops, laboratórios, hall de entrada, e demais espaços da Universidade Federal da Bahia em contexto da Semana de Computação.


Crédito e fonte original: http://confcodeofconduct.com/ & The Ada Initiative
Por favor, ajude a traduzir ou a melhorar: http://github.com/leftlogic/confcodeofconduct.com
Esta obra está licenciada sob Creative Commons Attribution 3.0 Unported License